sábado, 14 de setembro de 2013

Eu tenho uma lousa - Eu que Fiz


E eis minha última arteirice.
Eu queria muito e comprei a tábua, fiz a pátina clandestina.
Hein?
Prá tudo nesse mundo tem uma explicação e alguém que fez e me ensinou.
A pessoa em questão é a amada PEPA, lá do Tacho mais quente que conheço e adoro.
Então eu não tinha tinta preta fosca e resolvi colar contact preto.
Eu também não tinha contact fosco só com brilho que ficou bom, porém escrevi e não gostei do resultado.
Revira daqui, fuça dali achei um vidro de tinta verde que nem de longe é o verde das lousas, mas vai que dá certo?
E deu certinho.
Só uma coisa, não comentem que a letra tá feia,mas quem sabe escrever a mão livre é a magnânima  Vero Kraemer, ela tem a mão mágica.


Olhem onde ela está agora.

Esperando a tinta secar e doidinha prá escrever logo.
Quando a dor me larga eu me jogo.
Gostaram?
Bom final de semana.
Bj

2 comentários:

Veronica Kraemer disse...

Circe queridaaaaaa, amei demais sua lousa, que linda que ficou!!!
Guria, tua letra tá linda, viu? Não vale se menosprezar...
Obrigada por falar de mim com tanto carinho, fiquei muito feliz!
Eu adoro a Pepa querida!
Espero que sua dor desapareçaaaaaaaaaaaaa!
Beijossssssssssssss
Vero

Sara Ledebuhr disse...

Circe,
que criatividade... tua lousa ficou lindona!!!
Também tô fazendo uma.
Tá doente? Eu também amiga, com infecção respiratória, mas DEUS cuida de nós, né mesmo?
Beijocas
Sarinha

;

..